Febre


Substantivo feminino; elevação anormal da temperatura constante de todo o corpo, incluindo pele, causada por influência  de agentes invasores.

Fig: agitação, paixão viva e desordenada.

Volúpia, mania, desejo ardente.

Assistindo atentamente ao vídeo, começamos a  relacionar Michael a esse conjunto de definições.

Mais que palavras escritas, a melhor definição vem mesmo da força do que sentimos frente a essas imagens.

A canção “Fever”, de Little Willie John , na voz de Beyoncé (gravação de 2003), traz o tom exato para os desenhos que Michael produzia ao movimentar o corpo.

As linhas clássicas, extensas e limpas  e os complexos, curtos e estanques movimentos, originados nos mestres do jazz, sapateado ou na dança dos guetos, conviviam harmoniosamente em seu universo particular da dança. Onde o ponto forte sempre foi a precisão. Cada ponto de energia que fluía em seu corpo, sempre trouxe esta marca.

O bailar que tinha toda a graça e raiva lado a lado, fazia emergir uma sensualidade absurda. Poderosa.

E essa é a fonte da febre, do fervor. Michael era um especialista em causar esta sensação. Seu carisma excepcional vinha, também ,da competência na arte de seduzir.

Através da originalidade de alguns de seus passos de dança mais conhecidos. A influência de todos os seus mentores ganhou um brilho especial, ao receberam seu toque pessoal. Sua sensibilidade, sua emoção.

Um trabalho árduo de pesquisa, ensaios, experimentos, que culminou nesse “banquete” espetacular , sobre o qual nos debruçamos e que parece ainda estar longe de nos saciar.

Um belo corpo dançante, que traduz todo o ritmo de uma canção. Interessante. Atraente.

Mas, quando falamos de Michael Jackson, o que estava aliado a isso ?

Figurinos estrategicamente criados para realçar as linhas de sua musculatura, como o dourado de Versace, para HIStory .

Ou o que trouxe um tom quente e lascivo, como em Blood On the Dance Floor.

Ou ainda…um olhar muitíssimo expressivo. A boca insinuante, convidando ao desejo…as mãos deslizando suavemente sobre o corpo… os movimentos pélvicos.

As pegadas cheias de ousadia, de uma transgressão quase infantil . Provocando…fazendo a temperatura subir…

o swing da alma.

O grande entendimento da arte de dançar.

A criatividade sem limite; a extrema energia. A confiança na relação com o público.

O seu lindo cantar… a entrega, a paixão!

Elementos que o lançam para um nível difícil de ser alcançado por outros artistas.

Não há imagem de palco mais bonita do que a concebida  por Michael Jackson.

MJ Gif (368)

Por Angella Wains

Também autora de : Farol

Outros textos de Angella no Recanto das Letras

Anúncios

Sobre PoemforMJ

Michael ... "Quando olho no dentro dos seus olhos eu sei que é verdade.Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você!"
Esse post foi publicado em Dos fãs para Michael e marcado , . Guardar link permanente.

Gostou ? então comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s